Sahifa fully responsive WordPress News, Magazine, Newspaper, and blog ThemeForest one of the most versatile website themes in the world.
Nota de falecimento
16 de fevereiro de 2019
Humanização do Atendimento
27 de fevereiro de 2019
Veja mais

Viroses afetam mais crianças no calor – Entrevista com a pediatra Marina Siqueira

Verão é sinônimo de temperaturas elevadas. E nesta época é mais comum o aparecimento de viroses. Mudança de hábitos alimentares, por exemplo, está entre as principais causas do contágio. Por conta da baixa imunidade, as crianças são as mais atingidas pela doença, que pode causar vômito, diarreia e febre. A pediatra da Santa Casa de Lavras, Dra. Marina Siqueira, explica um pouco mais sobre as viroses, sintomas, tratamento e como evitar.

Quais são as doenças mais comuns, que afetam as crianças, no verão?

As viroses, que são na verdade gastroenterites causadas por vírus.

 

E quais seriam os principais sintomas?

Diarreias, vômitos e febre. Pode também aparecer conjuntivite, dor abdominal, náuseas ou enjoo. Alguns sintomas respiratórios podem ocorrer, como coriza e tosse. Muitas vezes, aparecem apenas um ou dois sintomas.

É preciso fazer exames?

Nas viroses, os exames não são necessários. O diagnóstico é clínico, apenas com o histórico e o exame clínico, o médico já consegue determinar que se trata de uma virose. os exames são solicitados apenas nos quadros mais graves ou quando há suspeita de uma infecção bacteriana.

Qual deve ser a maior preocupação dos pais com essas viroses?

A complicação destas viroses é a desidratação. Os pais devem estar atentos aos sinais, que seriam o xixi da criança muito escuro ou quando fazem pouco xixi, quando tem vômitos repetidos e não se consegue ingerir líquidos. Quando a criança fica  muito abatida, prostrada, sonolenta, olhos fundos, a boca seca, choro sem lágrimas. Com esses sintomas, os pais devem levar a criança ao pronto socorro.

Qual seria, então, o tratamento?

Para as infecções intestinais por vírus é manter a boa hidratação, aumentando a oferta de líquido, de água, água de coco e sucos naturais. Quando já ocorre a desidratação, deve-se, no pronto socorro, fazer a hidratação venosa, com o uso do soro. O que ajuda em casa é o soro de hidratação oral, vendido em farmácias e que vem em pó para a dissolução na água. O soro caseiro eu só recomendo em último caso, quando não há acesso ao soro da farmácia. Isso porque, qualquer erro na diluição, na concentração dos sair, pode acabar piorando a diarreia e a infecção. Nos também podemos usar os probióticos, que não vão curar a infecção, mas diminuem a diarreia. São medicamentos que ajudam a flora intestinal.

Como prevenir as viroses?

Basicamente é lavas as mãos. Lavar após ir ao banheiro, antes de consumir ou preparar alimentos. Além disso, a água pode conter esses vírus, então deve-se consumir água filtrada ou potável.