Sahifa fully responsive WordPress News, Magazine, Newspaper, and blog ThemeForest one of the most versatile website themes in the world.
Mara Ruth é Gente de Casa. Da Santa Casa!
21 de maio de 2021
Dr. Sylvio Menicucci
28 de junho de 2021
Veja mais

Menopausa – Entrevista com Dr. Lucas Giarolla

Menopausa é o término da menstruação. Para muitas mulheres,  essa nova etapa da vida vem acompanhada de diversos sintomas, como os fogachos – ondas de calor, causados principalmente pela queda da produção do estrogênio, o hormônio sexual feminino. Nesta entrevista, o ginecologista Dr. Lucas Giarolla, explicou mais sobre o que é menopausa, sintomas, tratamento e climatério.

 

O que é a Menopausa?

Menopausa é definida como a última menstruação da mulher. É um diagnóstico retrospectivo, ou seja, a gente só consegue saber que efetivamente aquela foi a última menstruação a partir do momento que a mulher fica um ano sem menstruar. Essa última regra, de um ano atrás, é chamada de menopausa.

Qual a diferença entre menopausa e climatério?

São termos que se confundem bastante. Basicamente é o seguinte: a menopausa, como dito anteriormente, é a última menstruação. Já o climatério é um período de tempo entre o estado fisiológico da mulher com ciclos menstruais para o estado de término da menstruação.

Menopausa é pontual. Climatério, um período de transição.

Qual a idade média da mulheres que entram na menopausa?

A média de idade é por volta dos 50, 51 anos, mas isso pode ocorrer dos 45 aos 55 anos. Dentro desse intervalo de tempo a menopausa está no tempo oportuno. Se acontece antes dos 45 anos é considerada precoce e após os 55 anos é tardia.

Quais os sintomas antecedem a menopausa?

A transição para a menopausa, chamada de climatério, acontece de forma progressiva. Durante esse período podem ocorrer alguns sintomas, que são sinais de que a mulher está próxima de atingir a menopausa. São eles: irregularidades dos ciclos menstruais, às vezes menstrua pouco, outra vezes menstrua muito (o intervalo entre os ciclos fica variável). Pode acontecer da mulher ficar sem menstruar por alguns meses e a menstruação retornar em seguida. Com a diminuição do estrogênio, o hormônio sexual feminino, a mulher pode apresentar as famosas ondas de calor, o calorão, chamado de fogacho. Pode ter também um ressecamento na região genital, uma atrofia nessa região. As relações sexuais ficam dolorosas. A mulher pode ficar mais irritada, mais sensível, chorosa, com uma piora do sono, ganhar peso e outros sintomas.Nem todas as mulheres serão sintomáticas e há variação do grau de intensidade desses sintomas.

O que muda na vida da mulher com a menopausa?

É um estado natural, um estado fisiológico,a mulher entra em uma nova fase da vida. Como quando era criança e tornou-se adolescente com a menstruação, o corpo também sofre transformações pela falta de alguns hormônios e excesso de outros. Mas o que de fato muda? Primeiro, ela para de menstruar e na pós-menopausa, ela já não irá engravidar mais. Nesta fase, a saúde da mulher precisa ser olhada de outra forma, porque algumas alterações podem ocorrer, como a perda da massa óssea, devemos cuidar com mais cautela do útero e dos ovários, pois as chances de problemas oncológicos tornam-se maiores. Enfim, muda o tipo de cuidado com a saúde. A mulher precisa fazer o controle com o seu ginecologista para acompanhar essas alterações e se preparar para uma nova etapa da vida que pode ser tão encantadora como as anteriores.

A idade da primeira menstruação (menarca) interfere na idade da menopausa ou não há relação?

Há uma crença que diz que quando mais cedo começa a menstruar, mais cedo irá cessar o ciclo menstrual.

Porém, não há relação direta com o início da menstruação e o seu término.

Quais são os tratamentos hoje disponíveis que podem aliviar os sintomas?

É preciso avaliar a saúde da mulher nesta nova etapa da vida e se ela irá apresentar sintomas. Para cada sintoma existe um tratamento específico. Se ela sentir as ondas de  calor, é possível tratar esse calorão. É um tratamento multifatorial.

O que é reposição hormonal? Quais os prós e os contras do tratamento?

Existe um tratamento que é chamado de Terapia de Reposição Hormonal –  TRH , que se baseia na reposição dos níveis de estrogênio. Esse tratamento alivia todos os sintomas e muitas mulheres irão se beneficiar com ele. Há um tempo tivemos uma associação dessa reposição com o câncer de mama , mas hoje sabemos que temos a possibilidade de tratar com segurança determinadas mulheres, por um período de tempo, já que não é um tratamento para o resto da vida. Há também uma possibilidade, isso é o lado contra da reposição, de aumentar algum evento de trombose. Por isso, o médico é fundamental na escolha, juntamente com a mulher, se há possibilidade e perfil satisfatório para a sua aplicação, para que haja apenas os benefícios, sem os efeitos colaterais desse tipo de tratamento. Trata-se de uma avaliação individualizada.

Quais os conselhos e recomendações que podemos dar para as mulheres que estão entrando na menopausa?

Minha principal recomendação: procurar ajuda médica. Mesmo sem sintomas é importante o acompanhamento médico. A mulher precisa saber, acima de tudo, que a menopausa é um processo natural e fisiológico e que pode ou não apresentar sintomas, mas saber que há soluções para todos os sintomas, mesmo que não queira tomar medicamentos é bom ter o médico para aconselhar e tirar todas as dúvidas. É fundamental ter o conhecimento sobre esse processo para que ela possa ter tranquilidade e aproveitar mais a vida. Hoje uma mulher de 50, 55  anos é ainda jovem e tem muito o que viver.