Sahifa fully responsive WordPress News, Magazine, Newspaper, and blog ThemeForest one of the most versatile website themes in the world.
Dr. Pedro Juliano Machado Zica
28 de dezembro de 2020
Adaiz é Gente de Casa! Da Santa Casa!
15 de janeiro de 2021
Veja mais

Cuidando do nosso coração

Cardiologia é a especialidade da medicina responsável por cuidar do coração e do sistema circulatório (veias, artérias, vasos sanguíneos). Todas as doenças que afetam estas partes do nosso organismo são tratadas pelo médico cardiologista.

Entre as principais doenças que afetam o coração estão:

– Arteriosclerose: é o endurecimento e estreitamento das artérias que transportam oxigênio e nutrientes do coração para o resto do corpo. A causa é o acúmulo de gordura saturada, colesterol e outras substâncias. O fluxo de sangue fica prejudicado, provocando dores no peito, fadiga e fraqueza muscular. Essa patologia é mais associada ao envelhecimento, uma vez que a gordura acumula progressivamente. São considerados fatores de risco o histórico familiar, colesterol alto, hipertensão e diabetes.

–  Angina: é uma forte dor no peito sempre que se exige mais do coração — esforços físicos, emoções fortes ou baixas temperaturas. É uma doença pode indicar a presença de outros problemas cardíacos mais graves e, por isso, deve ser tratada com atenção.

– Infarto: é uma das doenças do coração mais comuns e fatais. Trata-se de um ataque cardíaco, no qual o fluxo de sangue no músculo cardíaco (miocárdio) é interrompido por um período prolongado, danificando-o ou causando a morte do tecido.

– Insuficiência cardíaca: é uma das doenças mais comuns e mais graves, uma vez que o coração não consegue bombear o sangue rico em oxigênio de maneira suficiente para o organismo. Com o tempo, surgem sintomas como dificuldade para respirar, fadiga, fraqueza, inchaços, palpitações, entre outros.

-Arritmia: consiste em uma sensação de batimentos cardíacos acelerados, mesmo que eles estejam anormais ou não. A pessoa sente desconforto, mal-estar, fadiga, palpitações e até dificuldade para respirar.

A maior parte dessas doenças pode ser tratada ou evitada consultando-se o médico cardiologista frequentemente, realizando exames e adotando hábitos saudáveis de vida. Tomar estas atitudes garante a saúde do coração e uma vida mais plena.